Nootrópicos – Como funcionam? Vejamos suas peculiaridades

Existem muitos tipos diferentes de suplementos nootrópicos disponíveis. Cada um desses suplementos específicos funciona de maneiras ligeiramente diferentes e usa diferentes mecanismos de ação. Em muitos casos, esses mecanismos ainda não são totalmente compreendidos, embora a pesquisa continue aprimorando o que sabemos.

O que posso dizer é que nenhum nootropico nunca será tão bom quanto os nootrópicos naturais. Nada melhor do que tomar um suplemento que apenas traz benefícios, sem nenhum efeito colateral, de todos os nootrópicos sintéticos e naturais que já testei o que me trouxe mais resultados foi o Lectus, você saberá mais sobre ele no final do artigo.

nootrópicos sintéticos

Neurotransmissores e receptores sinápticos:

·         Os neurotransmissores são químicos que transmitem sinais nervosos, ou impulsos, de uma célula nervosa (neurônio) para outra.
·         Eles são essencialmente mensageiros químicos que assumem duas formas diferentes: excitatório e inibitório.
·         Os neurotransmissores excitadores propagam uma mensagem enquanto as inibitórias impedem que uma mensagem seja recebida ou continue ao longo de sua via.
·         De acordo com as mensagens recebidas, esses neurotransmissores se ligam então aos receptores especiais pós-sinápticos. Estes geralmente são apenas chamados receptores ou locais receptores em sinapses nervosas.
·         Juntos, os neurotransmissores e os receptores compõem um “sistema”. Há uma vasta multidão desses sistemas neuronais dentro do cérebro.
·         O que um suplemento nootrópico é, em essência, é direcionar especificamente e aumentar a eficiência desses sistemas que se relacionam com a função cognitiva (entre outras funções). Vários desses sistemas direcionados são discutidos abaixo.

Acetilcolina e Sistema colinérgico:

A acetilcolina é realmente a força motriz por trás do sistema colinérgico . Este é um neurotransmissor abundante dentro do cérebro que atua em várias funções cognitivas diferentes.

Por exemplo, a acetilcolina desempenha papéis importantes na aprendizagem, na memória, no foco, na tomada de decisões e na percepção sensorial. Dentro deste sistema, existem dois tipos principais de receptores, nicotínicos e muscarínicos. O primeiro deles é realmente chamado de nicotina (também é influenciado pela nicotina, embora os efeitos não durem muito).

A acetilcolina geralmente vem de fontes de colina fornecidas por uma dieta bem equilibrada . Então, novamente, também é sabido que a maioria das pessoas é deficiente em colina, o que é uma boa razão para complementar sua dieta com uma fonte de alta qualidade.
Enquanto alguns suplementos de acetilcolina podem ter um efeito positivo no aprimoramento cognitivo , o uso desses compostos por si só não é geralmente suficiente para levar a resultados nootrópicos visíveis.

Para contornar esse problema muitas vezes, os precursores de acetilcolina são frequentemente combinados com agonistas para induzir um efeito sinérgico.

Glutamato e o sistema glutamatérgico:

O glutamato é o neurotransmissor mais abundante dentro do cérebro e tem um papel muito importante na manutenção da saúde cerebral, bem como nas faculdades de aprendizagem e memória. Este produto químico também é convertido em GABA – outro neurotransmissor que tem um efeito positivo sobre o humor.

A função cerebral adequada depende de níveis adequados de glutamato no cérebro – não muito pouco e não muito. De fato, os níveis excessivos de glutamato que ocorrem fora das células também podem ser uma indicação de mal funções dos receptores.
Isso é considerado um fator no desenvolvimento de doenças neurológicas como Alzheimer, Parkinson, TDAH e potencialmente autismo.

Existem vários tipos diferentes de locais receptores de glutamato, NMDA e AMPA são considerados de natureza nootrópica. A estimulação desses receptores é um dos principais objetivos em quase todos os tipos de suplementos nootrópicos.

Dopamina e Serotonina:

Dopamina e Serotonina são famosos por ser os neurotransmissores envolvidos em sentimentos de prazer e felicidade.

Embora nenhum dos sistemas de Dopamina ou Serotonina seja um alvo primário de Nootrópicos, eles são afetados até certo ponto e podem contribuir para os resultados globais e a eficácia da suplementação de Nootrópicos.
Ambos os produtos químicos e seus sistemas relacionados são muito importantes para o humor, motivação, recompensa, memória e foco.

Existem algumas diferenças significativas entre os sistemas Dopamina e Serotonina. Os efeitos relacionados à dopamina são muito poderosos, mas podem ser viciantes.

Portanto, é melhor evitar o uso desses suplementos para o uso diário. É por isso que drogas inteligentes como a Ritalina e o Modafinil podem se tornar viciantes: são compostos de anfetamina que estimulam diretamente a Dopamina.
Aqueles Nootrópicos que influenciam ou modulam a Serotonina geralmente têm efeitos impulsionadores do humor em oposição aos benefícios primários relacionados à cognição.

Benefícios dos nootrópicos

Compreender como os efeitos nootrópicos desses cinco neurotransmissores – Acetilcolina, Glutamato, GABA, Dopamina e Serotonina – fornece uma grande parte da imagem de como os nootrópicos funcionam. Esses neurotransmissores são os produtos químicos que o seu cérebro usa para se comunicar consigo mesmo e, em última instância, são responsáveis ​​por grande parte da sua atividade cognitiva.
Como você aprende, lembre-se, processa, calcula, baseia, imagina, cria, foca, sente, percebe e move, é amplamente determinado por funções cerebrais muito básicas nas sinapses entre os neurônios. Ao otimizar essas conexões, os nootrópicos trabalham para melhorar nossas habilidades cognitivas neste nível fundamental.

Melhor Nootropico testado e comprovado – LECTUS

Conforme tenho utilizado e tem me trazido muitos resultados positivos, atualmente o nootrópico que se mostra mais seguro com maiores resultados é o Lectus. Dentro de todas as qualidades deste suplemento natural, o Lectus se destaca pela capacidade de aumento da concentração o que consequentemente promove raciocínio rápido e objetivo além da melhora na capacidade de aprendizagem.

Seus benefícios são muitos e sua fórmula totalmente natural garante que não há efeitos colaterais. O lectus melhora:

A capacidade de concentração;
A velocidade de pensamento;
O Foco intenso;
Diminui a fadiga mental;
Traz resultados desde o primeiro uso;
Sem efeitos colaterais.

Clique Aqui e leia o artigo sobre o LECTUS